Atualize-se sobre o mercado da construção civil no Brasil! - GalvaMinas
Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Atualize-se sobre o mercado da construção civil no Brasil!

O clima para o mercado da construção civil no Brasil em 2019 é de expectativa. Após sofrer alguns anos de crise, as perspectivas estão renovadas e aos poucos se revelando. Entender esse cenário é uma informação fundamental para quem está nesse nicho. Neste artigo, vamos trazer alguns dos principais pontos atualizados sobre o assunto. Confira!

Foram tempos difíceis para o mercado da construção civil no Brasil…

Desde 2014 o setor da construção civil vem sendo afetado por crises e impactos negativos. Conforme foi demonstrado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o setor sofreu uma queda de 2,1% em 2014.

Essa baixa somou 9% em 2015, 5,6% em 2016 e 5% em 2017. As coisas não chegaram a melhorar substancialmente em 2018. Um dos reflexos dessa situação foi o recuo da empregabilidade no segmento, que reduziu em 2,5% entre 2017 e 2018.

Em relação ao PIB (Produto Interno Bruto), o mercado da construção civil no Brasil apresentou 5 anos consecutivos de retração até 2018. Apesar disso, a perspectiva para 2019 foi mais otimista mediante uma projeção de crescimento de 1,3%.

Essa projeção já considera uma tímida retomada do setor no segundo semestre de 2018. Além disso, com a mudança política, há a crença de uma melhora na economia que favoreça o restabelecimento da construção civil no país.

Otimismo para o mercado da construção civil em 2019

O cenário econômico que afetou negativamente o setor da construção civil fez com que, nos últimos anos, o foco tenha sido a compra de imóveis novos e usados, tanto como moradia quanto como investimento.

Depois dos anos de recessão, as expectativas do segmento da construção civil para 2019 se tornaram mais otimistas. Tomando por referência o final do ano de 2018, no segundo trimestre o número de lançamentos aumentou em 119,7%. A mesma métrica, em comparação ao ano de 2017, contou com o crescimento de 19,9%.

As vendas também apresentaram aumento nesse período, com um crescimento de 32,1% em relação a 2017 e de 17,3 em relação ao trimestre anterior de 2018. Ainda em 2018, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), que é calculado pelo IBGE, apresentou um aumento de 0,28% em comparação a 2017 e o valor acumulado do ano foi de 3,93%.

Essas mudanças somadas às expectativas de melhoras na economia trouxeram novos ares para 2019. A aposta dos dirigentes da área é de que o ano terá maior demanda para imóveis de nicho, como aqueles voltados para recém casados, terceira idade ou jovens solteiros.

As maiores expectativas em relação à retomada do mercado da construção civil no Brasil se concentram no segundo semestre do ano, diante da possibilidade de análise das reais mudanças proporcionadas pelo governo.

Posteriormente, será o momento dos planejamentos, lançamento de novos empreendimentos e outras medidas conforme à resposta da população do país e sua possível retomada do poder de compra.

Essas são algumas atualizações sobre o cenário do mercado da construção civil no Brasil. Continue se atualizando sobre assuntos de interesse acompanhando a Galvaminas nas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.