Diferença entre os principais sistemas de construção - GalvaMinas
Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Diferença entre os principais sistemas de construção

O mercado imobiliário brasileiro ainda é muito conservador quando o assunto é sistema de construção civil. A alvenaria é o método mais conhecido e usado, mas há outras formas mais baratas, rápidas e sustentáveis de erguer um imóvel. Quer saber qual a melhor opção para a sua obra? Descubra com este post!

Alvenaria comum

Como já foi dito, a alvenaria comum é o principal sistema de construção utilizado no Brasil. Esse modelo funciona como uma estrutura formada por vigas, colunas e lajes, que suportam o peso da obra. Essa espécie de “esqueleto” é preenchida por tijolos e revestimentos.

O ponto positivo da alvenaria comum é que como o preenchimento não funciona como estrutura principal ele pode ser modificado. Isso permite que sejam feitas reformas e ampliações, desde que as vigas, colunas e lajes não sejam afetadas.

Já o ponto negativo é que a construção é mais cara e demanda um tempo maior. Além disso, exerce forte impacto ao meio ambiente, já que o entulho e a sujeira gerados ao final da obra demonstram o nível de desperdício de material e são difíceis de serem reaproveitados.

Alvenaria estrutural

Diferentemente da alvenaria comum, o modelo estrutural dispensa as vigas e os pilares. Nesse sistema, a laje e os tijolos possuem a função de suportar o peso da construção. A execução da obra, no entanto, deve ser feita com a supervisão de um profissional qualificado e experiente para evitar problemas no decorrer da construção.

A grande vantagem do uso da alvenaria estrutural é a praticidade, já que o tempo de construção, os custos e até a quantidade de entulho são reduzidos. Isso porque os blocos são cerâmicos e, para a construção das paredes, deve-se evitar ao máximo os cortes nos tijolos. A desvantagem, no entanto, é a limitação para fazer reformas no empreendimento, pois os sistemas elétricos e hidráulicos passam por dentro dos tijolos.

[bloco_newsletter]

Sistema de construção com Drywall

Os sistemas de construção pré-fabricados representam a modernização do setor. O Drywall consiste em unir uma estrutura metálica à paredes de gesso, o que permite um aproveitamento muito maior do espaço utilizado. Além disso, a construção é feita de forma muito mais rápida, barata e sem grandes perdas de material, já que toda a estrutura é fabricada sob medida.

Com isolamento acústico e chapas antitérmicas, esse sistema construtivo permite que o ambiente fique mais confortável se comparado a outras construções. A grande desvantagem do Drywall é a falta de material específico para manutenção, já que parafusos, buchas e outros equipamentos específicos não são facilmente encontrados no mercado.

Essas são algumas características e diferenças entre os principais sistemas de construção. Em um mercado cada vez mais competitivo, os ganhos de tempo, dinheiro e produtividade fazem toda a diferença. Você ficou com alguma dúvida sobre algum desses sistemas? Comente abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.