Graute: conheça as principais vantagens de sua utilização - GalvaMinas
Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Graute: conheça as principais vantagens de sua utilização

conheça as vantagens do graute

O graute é uma pasta de argamassa que se diferencia por sua versatilidade e resistência. Uma de suas vantagens é que ele dispensa o uso de vibradores de concreto para o seu adensamento. Ele pode ser utilizado para preencher espaços em locais difíceis de acessar ou blocos de alvenaria estrutural armada, como proteção de peças em estrutura metálica, para corrigir fissuras, regularizar superfícies, entre outras funções. Nesse artigo, falaremos sobre esse material para que você possa conhecer mais sobre a sua natureza, potencial e suas vantagens.

Do que é feito o graute?

A composição do graute pode sofrer algumas variações. Contudo, geralmente é composto por cimento Portland, aditivos minerais – como a sílica ativa e cargas minerais, aditivos em pó – como superplastificantes e expansores retentores de água, agregados originados de quartzo, granito ou areia de sílica e polímeros. Como mencionado, uma vez que sua composição é variável, existe mais de um tipo de graute.

Tipos de graute

Existem dois tipos de graute: o de base mineral e o de base orgânica. Cada um deles apresenta particularidades em sua composição e, naturalmente, também no seu uso. Falaremos um pouco de cada um deles.

Graute de base mineral

Esse tipo de graute é composto com base de cimento, suas qualidades são variáveis de acordo com o material empregado. Por ser de baixo custo é muito utilizado na construção civil.

Graute de base orgânica

O graute de base orgânica é composto por elementos derivados do petróleo, apresenta menor viscosidade, maior resistência e melhor aderência. Portanto, é um graute que pode oferecer maior qualidade para a obra, principalmente em acabamentos mais refinados. Contudo, também tem um valor mais elevado.

Conheça 6 vantagens de utilizar o graute

As vantagens do graute em relação ao concreto convencional estão implícitas em suas características. Esse material oferece os seguintes benefícios:

  1. Sua consistência é mais fluída, o que permite o preenchimento até das menores fissuras. Ainda protege a construção contra bicheiras e outros danos originados de trincas e demais problemas;
  2. Dispensa o uso de vibrador de concreto e proporciona maior agilidade na execução da obra;
  3. Permite equilíbrio na quantidade de água do traço devido a presença dos aditivos superplastificantes, assim não compromete o resultado final;
  4. É possível utilizar o graute como encamisamento ou armadura de elementos metálicos. Essa prática reforça a proteção desses componentes contra a corrosão e deterioração;
  5. É um produto de alta resistência em todos os momentos do processo construtivo e após a sua conclusão;
  6. Proporciona um acabamento de alta performance nas mais diversas situações de aplicação.

Esses benefícios do graute reafirmam a sua versatilidade. Seu uso possibilita aumentar a qualidade da execução da obra e do seu resultado final. A única ressalva sobre este material, apesar de sua eficácia, é o fato de não ser regularizado pela ABNT. Portanto, para uma utilização mais segura, adquirir o graute industrializado pode ser uma solução interessante.

Você já teve alguma experiência com o uso do graute em alguma obra? Ainda tem dúvidas sobre o material? Conta para a gente nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.