Tinta: Como pintar com o spray? - GalvaMinas
Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Tinta: Como pintar com o spray?

Para pintar pequenas, médias e grandes superfícies, muitas pessoas usam tinta em spray. Além de ser uma alternativa prática e rápida, essa técnica proporciona uma cobertura leve e uniforme. Neste post, ensinaremos como pintar com spray sem erros. Confira!

Por que pintar com spray?

Usar essa técnica traz vários benefícios, como:

— Praticidade, pois, algumas superfícies são muito difíceis de ser pintadas de outras maneiras convencionais. O rolo ou o pincel não conseguem aplicar uma boa cobertura em curvas, cantos e outros locais. Por isso, quanto mais detalhes a superfície a ser pintada possuir, mais complicado será o processo — a não ser que você use o spray;

— Rapidez, já que as camadas, por serem mais finas, levam um tempo bem menor para secar. Dependendo da superfície, em menos de meia hora é possível concluir a pintura com qualidade;

Acabamento, porque tanto a tinta brilhante quanto a fosca ficam com aspecto laqueado, disfarçando as imperfeições. Além disso, a tinta em spray dificilmente escorre, diferente da aplicada com pincel, por exemplo.

Escolha da tinta

A tinta a ser utilizada na pintura dependerá do material a ser coberto. Há versões específicas do produto para diferentes superfícies como plástico, isopor, gesso, madeira e metais. As opções de acabamento também são várias, como brilho acetinado, metálico, fosco, brilhante ou alto brilho. E as cores, claro, variam bastante. Ao comprar a tinta, no entanto, não deixe de verificar na embalagem a capacidade de pintura por metro quadrado, para assim calcular a quantidade certa a ser levada para casa.

[bloco_newsletter]

Preparação da superfície

Na própria embalagem do produto há instruções específicas para a preparação da superfície que receberá a tinta. Algumas regras básicas, no entanto, são aplicáveis a todos os casos. Limpe toda a área a ser pintada e verifique a existência de rachaduras ou imperfeições. Algumas superfícies precisam ser lixadas e tratadas antes da aplicação. Esses procedimentos garantem a aderência do produto e um bom resultado.

Qual equipamento usar?

Há várias formas de se pintar com spray. A mais eficiente delas dependerá do tipo e do tamanho da superfície a ser coberta. As principais opções são:

Lata

A lata de tinta spray é uma das formas mais usadas para pintar pequenas áreas. É mais prática porque na própria embalagem há um aplicador. Geralmente, os preços variam entre R$10 a R$30.

Pistola elétrica

Esse equipamento é uma ótima opção para trabalhos menores, já que tem baixa pressão e isso facilita tanto o controle quanto o processo de pintura. Possui um pequeno motor e é fácil de ser carregada. É uma ferramenta muito prática para se ter em casa, já que tanto a economia de tinta quanto a qualidade final da pintura são melhores em comparação com a lata.

Compressor profissional

É indicado para pinturas maiores, como portões e paredes inteiras. Para usá-lo, é necessário utilizar equipamentos de proteção como luvas e máscara. O ar comprimido proporciona um jato de tinta mais fino, o que significa um acabamento com ainda mais qualidade.

Aplicação

A forma de pintar uma superfície depende do material, da tinta e do equipamento utilizados. Em todos os casos, porém, é necessário aplicar a tinta a uma distância de aproximadamente 30 centímetros entre o equipamento e a superfície. A aplicação deve ser feita em camadas finas e intercaladas para secagem completa.

Essas são algumas dicas para pintar com spray. Agora que você já conhece os primeiros passos, siga as instruções do fabricante e dê um novo visual à superfície que quer cobrir. Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Comente abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.