Tubos e canos: conheça as diferenças - GalvaMinas
Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Tubos e canos: conheça as diferenças

Muitas pessoas não sabem que tubos e canos são componentes distintos. Por isso, acabam confundindo ao se referir a um dos dois. Tubos e canos, ao contrário do que se pode imaginar, têm características e finalidades diferentes. Quer saber mais? Então leia este post:

Tubos

O tubo é um tipo de material em que o tamanho é correspondido pelo diâmetro externo. Essa medida é sempre fixa, mas o diâmetro interno é variável. Isso por causa do espessamento da parede, que leva à redução do diâmetro interno. Conhecido pelo formato tradicional, ele também pode ser quadrado, retangular e até hexagonal.

São várias as opções de materiais para fabricação de tubos, assim como os formatos e as possibilidades de uso. Tubos em PVC (Policloreto de Vinila), são os mais usados para escoamentos livres; ou aqueles em que não há pressão, apenas a ação da gravidade. É soldável e roscável, e amplamente utilizado em instalações hidráulicas residenciais. Por ser um tipo de plástico, o PVC não pode ser exposto à altas temperaturas, já que pode ressecar e perder a cor.

Os tubos em cobre apresentam boa resistência química e mecânica, por isso são bastante usados em instalações de gás e água; quente e fria, além de sistemas de aquecimento e combate a incêndio. Pela durabilidade, podem até ser usados ao ar livre. A conexão entre as peças é feita por solda. Devido a composição, costumam precisar de juntas de dilatação quando usados em instalações com água quente e ter preços mais altos que os tubos de PVC.

Os tubos em aço são usados nos mais diversos segmentos, já que esse material também é empregado em projetos de arquitetura e design. Leve e durável, o aço é resistente à corrosão e à oxidação, tem ótimo custo-benefício e pode ser reciclado. Esses tubos são geralmente usados na decoração de ambientes, na construção de móveis e meios de transporte. Além disso, podem ser também empregados na construção civil, em andaimes, no escoramento de vigas e na estruturação de obras. A conexão também é feita por solda.

[bloco_newsletter]

Canos

Os canos são exclusivamente usados na condução de fluidos. Por ser, na prática, um vaso de pressão, o que importa é a capacidade de vazão, portanto, o diâmetro interno. Diferentemente do tubo, o cano tem diâmetro interno fixo e o diâmetro externo é medido pelo aumento da estrutura da parede.

São vários os tipos de fluidos conduzidos por canos, alguns são inflamáveis e nocivos à saúde humana. Para facilitar a identificação e evitar acidentes, a NBR 6493 de 1994, se aplica às canalizações de maneira geral. A relação entre produtos e cores é a seguinte:

 – Água (para uso geral): verde;

 – Água (para combate a incêndio): vermelho;

 – Ar comprimido: azul;

 – Gases liquefeitos: alumínio;

 – Gases não-liquefeitos: amarelo;

 – Inflamáveis: preto;

 – Materiais fragmentados: marrom;

 – Produtos químicos (não gasosos): laranja;

 – Vácuo: cinza claro;

 – Vapor: branco.

Essas são as diferenças e principais aplicações de tubos e canos. Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.